quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Novidades Gailivro para Novembro

Título: O Bobo
Autor:
Christopher Moore
Preço: 17,90 euros

Sinopse:
Homem de infinita graça, Pocket foi o bobo acarinhado de Lear durante anos; desde a época em que as filhas adultas do rei – a egoísta e ardilosa Goneril, a sádica Regan, (mas sexy a ponto de despertar fantasias eróticas), e a doce e leal Cordélia – eram apenas raparigas. Naturalmente que Pocket fica do lado do seu velho e tonto amo, quando Lear – insidiosamente encorajado por Edmund, o bastardo (em todos os sentidos possíveis e imaginários) – exige que as filhas lhe jurem o seu amor e devoção perante um grupo de convidados. É óbvio que Goneril e Regan ficam radiantes por poder lamber o rabo ao pai, enquanto Cordélia acha o pedido um tanto… bom… um tanto estúpido e a sua rude honestidade acaba por lhe custar a parcela do reino, que seria sua por direito, ainda acabando por ser expulsa ao pontapé. Agora, Pocket terá de recorrer a manobras bastante sofisticadas – lançar feitiços, instigar assassínios e provocar uma ou duas guerras (a treta do costume) – para conseguir que Cordelia volte a cair nas boas graças do Pai Lear, frustrando as manobras demoníacas das perversas irmãs e salvando de repetidos espancamentos o aprendiz de bobo, Drool, seu amigo gigantesco, desmesuradamente lerdo e invariavelmente lascivo … sem se esquecer de fornicar com todas as jovens apetecíveis… que pelo caminho se disponham a tal. Pocket pode ser um Bobo… mas não é um idiota.

Sobre o autor:

Christopher Moore é autor de: “O Anjo Mais Estúpido”, “Minha Besta”, “Guia Prático para Cuidar de Demónios”, Fluke, Lamb, The Lusty Lizard of Melancholy Cove, Island of the Sequined Love Nun, Bloodsucking Fiends, Coyote Blue. Dono e senhor de um aguçado sentido de humor Moore atira-se agora com unhas e dentes a um dos mais famosos textos de Shakspeare, O Rei Lear, recontando a história pela voz do magnifico Pocket, O Bobo da corte. Uma obra que traz de volta um Moore ao nível de O Anjo Mais Estúpido.


Título: Antologia do Conto Africano
Autor:
Org. Prof. Lourenço do Rosário
Preço: 17,90 euros

Sinopse:
Moçambique é um país onde as estatísticas apresentam informação de que mais de 70% da sua população vive no campo. Em África a transmissão oral é a forma que os nacionais utilizam na passagem dos vários saberes de geração a geração. E a metodologia eficaz é condensar esses saberes nas narrativas. As narrativas, mais do que um género literário, são um verdadeiro repositório do universo cultural, filosófico, religioso, moral e até político das comunidades. Quando se produz uma antologia de narrativas africanas na sua forma escrita, e ainda por cima escrita em língua que não é a originária dos mesmos, o público leitor não faz a mínima ideia de quanto se empobrecem em informação substantiva do volume inicial de conteúdo dos tais vários saberes que as mesmas possuíam. Contudo, não se pode ficar imóvel, numa atitude conservadora de manutenção dos valores culturais de outrem, sobretudo quando este outrem interagiu com outras formas de civilização e culturas.

Sobre o autor:
Lourenço Joaquim da Costa Rosário nasceu em 1949, em Marromeu, Moçambique. É licenciado em Línguas e Literaturas Modernas, variante Português/Francês, pela Universidade de Coimbra, em Portugal, e Doutorado em Letras, especialidade de Literaturas Africanas de Expressão Portuguesa, pela mesma Universidade,desde Janeiro de 1987. Tem leccionado em várias instituições de ensino superior de renome internacional como, entre outras, a Universidade de Hamburgo, na Alemanha, Universidade de Milão, em Itália, Universidade Federal de Minas Gerais, no Brasil, sendo actualmente professor da Universidade Nova de Lisboa e Reitor do Instituto Superior Politécnico e Universitário - ISPU - em Maputo, Moçambique. Tem também a seu cargo a orientação de trabalhos de licenciatura, mestrado, doutoramento e pós-doutoramento..

Título: A Guerra é para os Velhos
Autor:
John Scalzi
Preço: 17,90 euros

Sinopse:
John Perry fez duas coisas no dia do seu septuagésimo quinto aniversário,

Primeiro visitou a campa da mulher e a seguir alistou-se no exército. A boa notícia é que a humanidade finalmente é capaz de viagens interestrelares. A má noticia é que planetas capazes de sustentarem vida são escassos e que raças alienígenas, dispostas a lutarem para ficar com os planetas, são comuns. Sendo assim, nós lutamos para defender a terra e para manter o direito aos planetas que descobrimos. Longe da Terra, a guerra dura há décadas. É brutal, sangrenta e não dá tréguas. A terra é um planeta atrasado em termos de desenvolvimento. O grosso da tecnologia e do desenvolvimento da humanidade está nas mãos das forças de defesa coloniais. O que todos sabem é que, quando se atinge a idade da reforma, pode-se juntar às fdc. Não querem gente jovem, mas quem tem os conhecimentos e a experiência de décadas de vida. O candidato será levado da terra, onde nunca mais lhe é permitido voltar. Irá servir dois anos na frente de batalha. E, se sobreviver, receberá um pedaço de terra numa das, arduamente conquistadas, colónias novas. John Perry resolveu aceitar a proposta. Ele tem uma vaga ideia do que o espera. Porque a verdadeira luta, a anos-luz de casa, é muito mais dura que tudo aquilo que ele pode imaginar.
Grande épico de Ficção Cientifica ao jeito dos clássicos 2001 ou Blade Runner. Um dos autores mais promissores do momento.

Grande épico de Ficção Cientifica ao jeito dos clássicos 2001 ou Blade Runner. Um dos autores mais promissores do momento.

Título: A canção do Dragão
Autora:
Anne McCaffrey
Preço: 14,90 euros

Sinopse:
Durante séculos, o mundo de Pern enfrentou uma força destrutiva, conhecida por Fios. Porém, os magníficos dragões que sempre protegeram Pern, assim como os homens e as mulheres que neles voavam, começaram a escassear. À medida que cada vez menos dragões deslizam pelos ares e a destruição insiste em cair do céu, Menolly, uma rapariga de quinze anos, tem apenas um sonho: cantar, tocar e compor a música que lhe é tão familiar – deseja tornar-se Harpista. Mas, apesar do seu grande talento, o pai acredita que uma rapariga não merece ocupar uma posição tão respeitada e proíbe-a de seguir os seus sonhos. Menolly foge e depara-se com nove lagartos-de-fogo que poderão salvar o seu mundo… e mudar a sua vida para sempre. Descubra a Trilogia completa de O Salão do Harpista.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário